Capital

Santo António do Príncipe

A Ilha do Príncipe parece ter uma ressonância poética, ao mesmo tempo evocando uma terra distante quase mística. Santo António é a capital da ilha que se situa no golfo da Guiné, em plena zona do equador, orientada a nor-nordeste de S. Tomé, a ilha principal do Arquipélago. Foi durante muito tempo um entreposto de trocas comerciais e sociais do Golfo da Guiné, a cargo das potências colonizadoras europeias.

De 1753 a 1852, devido a instabilidades internas e à ocupação de S. Tomé pelos Holandeses, Santo António passou a capital do arquipélago, tornando-se uma cidade desejada, centro de comércio, de diplomacia e de saber que marcou a sua morfologia urbana, a tipologia dos seus edifícios e o modo de vida dos seus habitantes.

Hoje, exibe uma muito antiga herança cultural, visível tanto nos rostos como no belo património arquitectónico em estado de degradação avançada e que a vegetação reclama.

 

Ilha do Príncipe, Março de 2005